terça-feira, junho 07, 2005

Cem Escovadas






Lá no Scream&Yell, um texto meu sobre o diário sapeca-romântico da italianinha Melissa Panarello, "Cem Escovadas Antes de Ir para Cama".

4 comentários:

Gravataí Merengue disse...

Corre o boato que ela não é a autora. De todo modo, pesadinho, né?

Uhu!

Anônimo disse...

Não gostei mesmo de "100 escovadas". Cada vez que ela falava do "desconhecido" ou da "haste que jorrava o líquido viscoso" eu tinha vontade de largar o livro. Só li pra depois poder falar mal. :)

E aê, vam tma cervj? :D

beijo
gi

ludovico disse...

Hi, Drex

Gosta de White Stripes, foi pro show? Nunca me dediquei a ouvir bem, mas do pouco que ouvi gostei. Um clip com Kate Moss principalmente.

Rapaz, há personagem, no cinema recente, mais charmoso do que o Marvin, de "Guia do Mochileiro da Galáxia"?

Abraço,

drex disse...

Bem, acho que isso nem importa, Gravz. O fato importante é que o filme deve sair ano que vem...


Gi, a haste é mesmo foda ;-) Mas, putz, a culpa é do tradutor, ou não?


Ludovico, tudo bem contigo?

É, sim, meu caro, White Stripes vale a pena. Digo, se vc gosta de blues e rock a la 70s, deve gostar com certeza. Além de tudo a duplinha é bem inventiva, tem personalidade e presença. O show foi bem bacana.

Quanto ao Marvin, ainda não vi o filme, mas o Paranoid Android do livro era o melhor que há. Engraçadissimo.