terça-feira, agosto 16, 2005

Arquivo



Toninho da Barcelona chegou já dizendo a que veio - jogou o sr. Ministro da Justiça no meio do lamaçal.

Com todo o respeito a inocência presumida do Dr. Thomaz Bastos (que até já correu para tentar se explicar) é impossível não pensar que, definitivamente, a coisa está preta.

Quanto ao doleiro, Toninho já colocou suas condições na mesa. Quer aliviar os 25 anos de xilindró aos quais está condenado. Seus advogados dizem que ele é um perseguido, um preso político. A Justiça, via Ministério Público, faz corpo duro. Os deputados e senadores da CPI parecem mais interessados. Quem conseguir pagar o preço de Toninho ganha o direito de escolher se ele fala ou se ele cala.

3 comentários:

Anônimo disse...

Para relaxar: e os ingressos? Chegaram?

Tô tãao nervousa e ansiousa. :}
beijos

gi

Gravatai Merengue disse...

Eu tenho plena convicção que a turma de Monte Verde está arrancando o cabelo por causa desse calor bizarro em pleno agosto.

Ah, "Toninho da Barcelona" chegou gritando, mas pelo visto ele só vai chover no molhado.

Du disse...

Ei! Falando em Monte Verde, um certo alguém me prometeu uma viagem para lá em Agosto, sabe? E mais: na companhia do digníssimo dono desse blog e sua senhora. Hunft! Furou?